domingo, 27 de novembro de 2011

Titans x NFC South

Nas últimas três semanas, três duelos contra as equipes da NFC South, Carolina, Atlanta e Tampa Bay respectivamente. Mesmo jogando duas das três partidas fora de casa, saímos com o retrospecto positivo, porém, a disputa pelo titulo da divisão continua distante, ja que os Texans continuam vencendo, mesmo colocando o 3º QB em campo esse domingo. Sério, precisamos reconhecer, quando você sai vencedor com o reserva do reserva em campo é pq sua equipe ta jogando demais. O caçula da NFL corre como ninguém e tem uma defesa espetacular, capaz de aterrorizar qualquer QB da liga. Se todas essas perdas no ataque não fossem suficientes, o Houston também perdeu o Mario Williams, melhor defensor do seu elenco.
Voltando ao Titans, mais precisamente no jogo do último domingo, não tenho muito o que falar, na minha opinião novamente enfrentamos uma boa equipe e não vimos a cor da bola. O Falcons correu como quis, não sofreu pressão quando optava pelas jogadas de passe e ainda dominou o nosso ataque. É muito difícil parar o Michael Turner, o cara tem corpo de DE, mas aplicando os tackles corretamente é possível sim. Como esperado, com Rudd no meio da defesa não tem TE que não se destaque, e enfrentado o MELHOR de todos os tempos era uma tragédia anunciada. A defesa jogou mal, mas o ataque conseguiu ser pior, a linha ofensiva pífia como sempre não abriu espaços, e o CJ para variar passou vergonha. Quando Jake Locker entrou as coisas melhoraram, o garoto jogou bem, acertou bons passes e marcou dois TD, mas ainda é muito cedo para coloca-ló em campo.
Sobre o jogo de hoje, defini a partida como uma pelada, e foi mais ou menos isso que aconteceu. Foi difícil dizer quem errou mais, muitos fumbles, interceptações e outros erros que machucaram a vista de quem assistiu o duelo. Para nossa sorte, o péssimo Barrett Rudd não jogou, machucado, e no seu lugar entrou o calouro McCarthy. O MLB mais uma vez comeu a bola, terminando o jogo com uma INT e 10 tackles. A linha defensiva continua decepcionando, temos bons jogadores, mas o grupo não da liga, abusando da inconsistência e prejudicando demais o time. Na parte ofensiva o resultado foi inesperado, CJ correu para 190 jardas, o que não me convence, já que choveu o jogo todo, o que dificulta demais os tackles. Outra bizarrice foi o jogo do Matt Hasselback, 2 INT muito infantis, vários passes errados, porém com uma campanha vitoriosa no final.
Vale destacar também o desempenho do special times, Marc Mariani é um retornador especial, e fez junto com o Tommie Campbell uma das jogadas mais bonitas desde o Miracle em 2000 contra os Bills.
Continuo acreditando nos playoffs, mas a cada semana nossa situação fica mais complicada, precisamos vencer praticamente todos os jogos. Vamos lamentar demais aquela derrota para o Bengals, perdemos a vaga ai.

Abraçoss

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Titans 30 x 3 Panthers

A defesa se mostrou cedo e na primeira posse de bola dos caras conseguiram fazer com que os Panthers fossem rapidamente para o punt (tree and out), Mariani recebeu os bloqueios corretos e levou a bola para o TD pela primeira vez este ano. Logo em seguida, a defesa aplicou outro tree and out, bola na mão de Damian Williams (que fez o melhor jogo de sua carreira com 107 jardas recebidas) pegando todas as bolas arremessadas em sua direção, ele correu 45 jardas para o TD, e pronto estávamos com uma vantagem de 14 x 0 no primeiro quarto.
Na primeira campanha decente dos caras a defesa apareceu e, pela primeira vez, os nossos LBs jogaram uma partida decente este ano, Whitespoon força um fumble tackleando juntamente com Colin McCarthy o fumble foi recuperado por Akeem Ayers.
Cam Newtom segura a bola tempo demais e com isto nossos defensores puderam chegar até ele e sacá-lo (5 sacks, 12 pressões e 8 vezes o time bateu no calouro) principalmente na primeira decida, isto os limitou a segunda e terceiras para longas distâncias, entretanto o time parecia melhor posicionado (tenho uma teoria sobre isto, vou comentar depois) e não tomamos primeira decida para longas distâncias como vinhamos tomando normalmente.
Fomos para o intervalo da mesma maneira que fomos contra os Bengals, ganhando de 17 - 0, entretanto, no segundo tempo o ataque conseguiu manter a posse de bola, Chris Johnson conseguiu correr (correu para 130 jardas e um TD), sugando o tempo do relógio e foi isto, Hasselback só teve o trabalho de gerenciar o relógio, conseguir primeiras decidas, fim de jogo!
Volto a frisar a classe de novatos, ontem conhecemos mais um que vai ser muito bom: Colin McCarthy, o garoto estava o tempo todo em volta da bola, diferente do Ruud não fechou gaps errados, sim ele perdeu uns tackles e lançaram algumas bolas em cima dele, ele me pareceu bem mais ágil e com mais vontade de fazer as jogadas que o Ruud. Na minha visão ele conseguiu alinhar o time sem erros e com isto os LBs Whitespoon e Ayers foram bem mais efetivos. Dizem que antes do jogo ele chamou o seus pares de defesa e disse que estava preparado para o jogo e que eles podiam contar com ele. Que bom ver um bom MLB jogando com disposição e minimizando os erros da defesa, gostaria de vê-lo jogando contra um time melhor, mas ele deixou uma excelente primeira impressão. Queimei minha língua semana passada acho que temos McCarthy e Ayers como bons LBs, temos que achar mais um. Bons rookies: Casey, Klug, Ayers, McCarthy, Campbell (no time de especialistas). Locker, Harper e Claytom (foram muito bem nos jogos de pré-temporada) acho que acertamos 8 em 9, sendo que cinco já estão produzindo ...
Ainda acho que o time não é de playoffs, mas é bom ganhar. Semana que vem vai ser duro, contra os Falcons. Go Titans!!!!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Mas o que houve no vestiário???

Bem, ainda não consegui assistir ao jogo todo ... assisti os três primeiros quartos, o primeiro tempo me pareceu razoável, o jogo corrido estava finalmente funcionando, os receivers estavam tendo algum sucesso contra a secundária (bem suspeita) dos caras, alguma pressão (evidentemente, sem sacks) da linha defensiva e Cortland Finnegan jogando bem (ele tocou em diversas bolas que deveriam ser interceptadas), acho que Griffin finalmente está bem posicionado no fundo do campo e pôde fazer alguns tackles corretos, a única coisa que esteve sempre ruim no jogo (na verdade, na temporada) era o maldito Barrett Ruud (que cara ruim - incapaz de fechar o gap correto e quando o faz, se torna incapaz de fazer um tackle).
Na verdade o jogo caminhava para uma vitória tranquila, era só continuar a correr com a bola no ataque e a defesa sair de campo nas terceiras decidas para longas distâncias, ou seja, pressionar o QB (novato) e, se a secundária estivesse cobrindo os WR corretamete (o que evidentemente não aconteceu), captar os sacks e/ou interceptações.
Eu não sei o que aconteceu no vestiário, mas o time voltou outro, extremamente apático, cometendo algumas faltas idiotas, a Linha ofensiva, que tem protegido bem Hasselback e que estava bloqueando bem contra o jogo corrido, virou uma linha de areia, toda hora havia um adversário se divertindo no nosso backfield, Verner cometeu erros na cobertura que não havia cometido ano passado inteiro, na verdade o WR (novato) AJ Green deitou e rolou contra Verner e McCourty. O ataque não conseguia reter a bola (na minha opinião 40% do nosso poder ofensivo foi embora na contusão do Kenny Britt), os nossos LBs simplesmente não existem (o trabalho de scoult que foi executado com os DTs no draft deste ano deve ser feito para os LBs ano que vem), repito, não existe nenhum LB realmente bom no roster (o mesmo serve para o Strong Safety), sendo assim, o drama do ano passado continua: Terceira para qualquer distância? Screen Pass para um TE ou FB contra os nossos LB (ou SS) e é terceira decida garantida. Será que os caras, que trabalham com FA este tempo todo, não enxergam, ou não têm como corrigir os erros com o pessoal que temos???
Nossa Linha defensiva titular ontem (a que passou a maior parte dos snaps no campo) foi: Morgan, Marks, Casey e Jones. Jones não sabe, definitivamente, contornar os OTs, põe o moleque no centro da linha e deixa o cara brilhar, por que tiraram o Smith do time? Sabe quantos saques tivemos ontem? Um de quem Smith, quem jogou melhor neste departamento foi Finnegan que até o momento que eu vi já tinha chegado ao Dalton 3 ou 4 vezes.
Não, infelizmente este não é um time de playoffs e estamos a:
- 1 S (precisamos muito de um strong safety), 3 LBs (veja acima),
- 1 DE (Morgan vai ser bom, mas precisamos de um oposto a ele),
- 1 CB (Finnegan provavelmente não estará por aqui ano que vem),
- 2 WR (Britt e mais um),
- 1 TE (Mandar o Cook embora e fazer com que o Craig Stevens corra rotas e pegue as bolas, assim ele poderia ficar em campo em tempo integral, Cook é muito inconsistente),
- 1 Guards e 1 Center (o nosso interior da linha ofensiva não tem jogado bem, mas Amano não é ruim de tudo, só não pode ser o center),
É muita coisa para arrumar, e acho que estamos muito longe de ter um bom time!
Um time precisa de talento acima de tudo, e não acho que temos suficiente para irmos longe em uma temporada!
Sem playoffs este ano! Pena!
Go Titans.

domingo, 6 de novembro de 2011

Titans 17 x 24 Bengals

Eu não sei mais o que escrever aqui, sério, já vi muito time fraco do Titans, mas é a primeira vez que eu vejo a nossa equipe regredir no decorrer da temporada. Quem assistiu as últimas três derrotas precisa reconhecer, somos um dos piores times da liga. Nossa defesa não pressiona ninguém, a secundária literalmente bate cabeça e os LB estão mais perdidos que cego em tiroteio. A minha paciência com esse Barret Rudd acabou, como esse cidadão é ruim. Aposenta cara, procura outra profissão, pq MLB vc não é.
Sobre o ataque, prefiro nem comentar, um grupo de WR abaixo da crítica, uma linha ofensiva que não segura os bloqueios, não abre os buracos necessários e nunca chega ao segundo nível da defesa adversária, ou seja, eles não fazem nada no jogo corrido, como isso é possível? Alguém na franquia acredita que vamos vencer sem correr com a bola? Se não perceberam ainda, nem Tom Brady, muito menos o Drew Bress ou o Aaron Rodgers não jogam aqui. Tirando o Matt Hass, o resto do ataque merece um corretivo. O que foi aquela falta do Lavele Hawkins no último drive? E aquelas chamadas ridículas do Chris Palmer? Momento vergonha alheia.
Já disse no Orkut, resolveram chutar o Fisher, ok, o time não vinha bem, estávamos passando por momentos difíceis, mas contrate alguém com condições de ser head coach, traga um profissional que enxergue os nossos erros, que faça a equipe evoluir, e não regredir.

Hoje o sentimento foi de vergonha, não vamos brigar por nada que não seja os 50%, já estou torcendo até por derrotas, quem sabe não pegamos um lugar melhor no draft e um calendário mais fraco no ano que vem.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Passeio a "cavalo" - Titans 27 x Colts 10

Gosto sempre de citar uma frase quando o fator sorte aparece, "A sorte sorri para todo mundo, porém, você precisa sorrir de volta". Enfrentar o Colts após duas derrotas, ou melhor, duas lavadas, foi um presente do destino. Há três meses atrás seria um desastre, mas Peyton Manning continua com o seu futuro incerto e o Colts por conta disso afunda cada vez mais na temporada.
Na minha opinião, entrar me campo contra um adversários nessas condições, sem nenhuma vitória na temporada, sempre é perigoso, mas não se deve temer alguém que não venceu ainda e foi exatamente isso que o Titans fez. Não jogamos o melhor jogo do mundo, mas dominamos a partida, pontuamos nos momentos certos e afundamos ainda mais o nosso maior rival. Falando um pouco mais detalhadamente da partida, parece que alguns jogadores andaram visitando o nosso blog, mais especificamente Damien Williams e Barret Rudd. Agora, o jogo corrido preocupa, Indianapolis tem uma das piores defesas da liga, e não conseguimos absolutamente nada correndo com a bola. CJ2K até agora não entrou em campo, como um RB de 30 milhões de dólares não consegue ficar em pé? Ele já percebeu que o Jevon Ringer está ficando cada vez no campo de jogo e que a paciência da torcida já acabou. A linha ofensiva precisa jogar mais, mas como o Mike Munchak afirmou durante a semana, como tirar um titular que ajuda o time a estar entre os melhores no jogo aéreo? Situação complicada, infelizmente com esse rendimento ofensivo não vamos a lugar algum.
No próximo domingo temos o Bengals pela frente, um eterno freguês. O time deles vem de quatro vitórias consecutivas, não é um adversário fácil, mas precisamos sair com a vitória. Para vencer a divisão é necessário pressionar o Texans. Ainda acredito no título da AFC South, wild card acho muito improvável. GO TITANS!!!!!!!!!!