sexta-feira, 25 de julho de 2014

Guia Pré Training Camp 2014 - Parte 3

O técnico do time de especialistas, Nate Kaczor, foi mantido, os Titans renovaram com Leon Washington, que resolveu o problema quando a unidade estava afundando ano passado, Mark Mariani e trouxeram o Pro Bowler, Dexter McCluster; as coberturas já eram boas, e estamos bem de retornadores, não teremos problemas com isto este ano.

Sofremos, entretanto, uma grande baixa, o place kicker (chutador de bola parada ou simplesmente Kicker), o grande e outrora excelente, Rob Bironas foi demitido no início do ano. Foi duro ver o velho partir, mas a verdade é que sua carreira estava num declínio violento nos últimos dois anos. Ver os kickoff diminuírem a potência brutalmente durante a partida ano passado foi muito triste. A eficiência também diminuiu e chegou a hora de partir.

Competindo pela vaga estão: Travis Coons, novato vindo da Universidade de Washington, lá ele acumulava a função de Kicker e Punter, o garoto possui um bom aproveitamento em field goals, 80%, mas não tem muita força nas pernas, apenas 2 touchbacks em 57 kickoffs; o outro competidor pela vaga é o Brasileiro, Maicon Bonani! No ano passado Bonani passou a pré temporada com o Titans, sua potência nas pernas impressionou aos espectadores, que também comentaram sobre sua falta de precisão. Bonani afirmou que trabalho arduamente nisto durante 2013, e, se ele o fez direitinho, acho difícil que ele perca a vaga no time.

Vou ser sincero, esta é a batalha que mais me interessa este ano, no demais,
o time de especialistas ficará bem!

Como torcedor, tenho que ser imparcial, ou seja, espero que vença o melhor nesta batalha, desde que este cara se chame MAIKON BONANI!

Go Titans! Go BONANI!!!!!!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Guia Pré Training Camp 2014 - Parte 2

Em http://tinyurl.com/mno9rgh apresentamos a primeira parte desta séria falando sobre o que avaliar com relação ao ataque nesses dias de treinamento. Dando continuidade, vamos discutir sobre o que avaliar com relação à defesa.

Ray Horton, o novo coordenador defensivo, levou a defesa dos Browns de 23ª (em 2012) à 9ª melhor defesa da NFL. Ele chega propondo mudanças importantes, dentre as quais as principais são:
  1. Sair de uma frente 43 (quatro jogadores de linha defensiva e três linebackers), utilizada desde sempre em Tennessee, para uma frente 34 híbrida (quatro jogadores de linha defensiva e três linebackers), que ele utiliza em suas defesas;
  2. Utilizar muito mais coberturas marcando homem x homem do que o esquema do antigo Coordenador defensivo, que era baseado em marcação por zona.
Tenho observado alguns jogos dos Cardinals (2012) e dos Browns (2013), vejo uma defesa bem equilibrada, com boas chamadas defensivas, excelentes pacotes de blitz e com os jogadores sendo colocados na posição correta para fazerem as jogadas. O que deve ser avaliado pelos presentes é a mudança de frente, embora eu ache que não exista tanta diferença assim e que a transição será bem tranquila.

Além disso, deve-se observar:
  • Quem substituirá o CB Auterraum Verner? Os candidatos são Coty Sensabaugh, que tem jogado bem de Nickelback nos últimos dois anos, e Blid Wreh-Wilson que jogou muito pouco ano passado, mas jogou bem quando em campo. Minhas fichas estão em Wreh-Wilson, o cara é mais alto que Jason McCourty, bem rápido e físico ... gosto dele, mas ficaremos bem com qualquer um dos dois ...
  • Quem serão os ILBs? Os dois ILBs devem ser Wesley Woodyard e Zach Brown. Fokou, McCarthy e Zavier Gooden disputam uma ou duas vagas no elenco. Acho, particularmente que McCarthy é melhor jogador que Woodyard, mas não sei se ganhará essa posição.
  • Será que Derrick Morgan se adaptará a jogar como OLB? Esse é o cara que, na minha opinião, sofrerá a maior mudança na defesa, por que ao invés de ir atrás do QB a cada snap, eventualmente ele irá cobrir um TE ou slot WR ... não me parece um bom maching up, entretanto ele pode se dá bem. Se ele não for bem: Akeen Ayers pode jogar por alí, bem como Shaun Phillips.
  • Como será o interior da linha defensiva quando jogarmos 34 ou 24? Estou realmente curioso em como Horton mudar da defesa base para Nickel, visto que um time tem que jogar contra 3 ou mais WRs.
Acho que temos os jogadores para fazer esta transição e o time ficará bem neste lado da bola.

Go Titans!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Guia Pré Training Camp 2014 - Parte 1

Os jogadores do Titans se reportam para o treinamento nessa sexta feira, dia 25/07. No sábado 26/07, às 11:20 da manhã (horário de Brasília), acontece o primeiro treino aberto do time ... essa é a fase final de treinamentos. Serão oito treinamentos abertos ao público.

Particularmente ter algumas informações de não por jornalistas "oficiais", ou seja, do público, é uma dádiva, por que a opinião não vem mascarada, se o time está bom a galera fala, se não, eles falam mais ainda e por que tem um monte de espectadores que, de fato, entende de Futebol Americano ... Acredito que sábado será uma festa ... teremos uma visão bem bacana de onde estamos. Tentarei, como sempre, acompanhar os treinos pelos diversos meios disponíveis e passarei por aqui o que estiver rolando.

Alguns aspectos serão mais fortemente escrutinados e passarei a apresentá-los com este Guia. E este  será dividido em três partes, a saber:
  • Parte 1 - Ataque
  • Parte 2 - Defesa 
  • Parte 3 - Time de especialistas
Vamos à Parte 1:
  • Esquema ofensivo - Confesso: tenho observado (através do game pass) o ataque dos Chargers do ano passado e os Cardinals de 2012. O que vejo? Um ataque bem criativo, baseado em jogo corrido e passes rápidos. Whisenhunt faz excelentes chamadas. O esquema é relativamente fácil de ser operado por um QB que consiga tomar boas decisões. O esquema não arrisca muitas jogadas longas, mas é extremamente eficiente quando o faz, em fim, é um esquema bem interessante ... o problema que tenho visto são as chamadas na end zone. O Whiz não me parece muito eficiente nas chamadas e meio conservador com as mesmas ... veremos;
  • Jake Locker - Ele está saudável de fato? Está confortável com o Ataque? Melhorou com relação ao ano passado?
  • Bishop Sankey - Será que o novato é bom mesmo?
  • Justin Hunter - Whisenhunt quase não utiliza Full Back, muitos sets com 3 WRs em Arizona e muitas formações com 2 TEs nos Chargers. Se Hunter conseguir ser o WR que esperamos (e o jogo corrido funcionar de verdade), será difícil parar o nosso ataque.
  • Como a OL será se portar - será a primeira vez, em 17 anos, que a OL não estará operando sob os olhos de Mike Munchak. As notícias dão conta que o novo técnico da OL, Bob Bostad, tem exigido mais do grupo do que os técnicos do passado, o centro da linha tem treinado junto, o que não aconteceu ano passado, e estará melhor nessa temporada. Quem será o Offensive Tackle da Direita? Michael Oher ou Taylor Lewan (que ainda não assinou o contrato)?
Acho que o esquema de jogo de Whisenhunt se encaixa muito bem com os jogadores que o Titans possui e se eu estiver correto (espero muito que esteja) vamos dar muito trabalho nesse lado da bola (Sexta Feira vou postar uma ou duas jogadas e analisá-las para que entendamos isto).

Bora aquecer, por que falta pouco para a temporada! GO TITANS!

sexta-feira, 4 de julho de 2014

July 4th ... 5th year without McNair


Me lembro que não acreditei quando li, em quatro de Julho de 2009, no www.tennessean.com, que o grande e eterno leader do time de 1999 (o primeiro, e até agora, o único dos Titans a chegar ao Superbowl), havia falecido naquela madrugada. Fiquei muito triste por que foi este cara que me fez gostar de Futebol Americano ...
Em 2002, o Titans ainda tinha alguns remanescentes do time de 1999. Um excelente time e, como eu tinha visto alguns jogos, a ESPN passava os jogos da AFC na época, me encantei com um QB que muitas vezes "fingia que ia lançar e corria", eu achava muito divertido por que ele era imparável (na minha concepção no momento), converso hoje com amigos e digo que se a ESPN passasse os jogos da NFC naquela época, provavelmente eu torceria pelos Falcons por que Michale Vick fazia o mesmo lá. Eu comecei, ainda meio titubeante, a torcer pelos caras.
Em 2003, assisti mais jogos e ainda me lembro de em 3 de Janeiro de 2004 assistir um Titans x Ratbirds (digo Ravens), pelo Wild card daquele ano, foi um jogo extremamente defensivo, McNair não jogou bem, mas a atmosfera do time liderado por Air McNair me fisgou, e decidi que seria Titans. Nessa temporada ele foi escolhido, junto com Peyton Manning, o jogador mais valioso da liga (MVP).
Vi o cara jogar grandes jogos, entrar em campo todo quebrado e correr por cima das defesas, jogar mal e ganhar, jogar bem e perder, sempre respeitado por seus companheiros, vi o cara jogar em times medíocres (2004 e 2005) e mesmo assim arrancar coelhos da cartola e vi o cara nos trucidar jogando pelos malditos Ratbirds (confesso que acompanhei os Ravens em 2006 e 2007, mas por favor, não espalhem) ...
Sou apaixonado pelo Titans e pelo Futebol Americano e, sem dúvidas, devo isto à Steve McNair, por isto, sempre me lembro dele ... um cara que se foi antes da hora!

RIP McNair!