segunda-feira, 16 de maio de 2016

Acabou a era Zach Mettenberger


A NFL é uma liga feroz, amigos. Há 13 meses, vários setoristas do time defendiam a escolha de Leonard Williams no draft de 2015, uma vez que o então promissor Zach Mettenberger podia dar conta do recado. Após uma ótima atuação na pré-temporada de 2015, o discurso era de que ele seria uma boa moeda de troca, porém, na tarde desta segunda-feira, ele deixou o clube. Rumores dizem que o Titans tentou trocá-lo, mas ninguém manisfestou interesse.

Muitos torcedores lamentaram a saída do Mettenberger, mas é pra tanto? Como  disse Paul Kuharsky, da ESPN, por que os fãs em Tennessee abraçam tanto os jogadores medíocres? Mettenberger perdeu os dez jogos que foi titular, sendo que nessas dez partidas, o QB de LSU lançou ao menos uma interceptação. Em seu primeiro jogo na última temporada, o Titans saiu com a derrota após sofrer apenas dez pontos do Falcons. No último drive dos dois tempos, Mettenberger lançou interceptações imbecis, que custaram ao time no mínimo seis pontos.

Em Nashville Mettenberger mostrou muito braço, pouca precisão, mobilidade nula e nenhuma maturidade. Depois de passar meses dizendo que derrotaria Marcus Mariota ou Jameis Winston, esse cara pediu pra ser trocado antes do draft. C’Mon, Man!

Jay Cutler é um QB vibrante perto do Mettenberger. Chega de selfies e ajeitadas no cabelo.


Os atuais backups do Mariota, Matt Cassel e Alex Tanney, não são grandes alternativas, mas no momento, eles têm mais a oferecer a franquia.