terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Titans 7 x 36 Giants

O negócio está muito feio! O pior do jogo foi perdermos o calouro, Zach Mettenberger, para o resto da temporada. Obvio que vou colocar isto na contra do HC Whisenhunt. Tínhamos dois titulares jogando, os guards, que não estão jogando isto tudo, quando você tem uma linha fraca e precisa proteger o QB, você abdica de um RB, um TE ou de um WR para que o seu cara seja protegido, e ele não fez nada. Então a contusão que o moleque sofreu semana passada se agravou e ele está fora do resto da temporada, não deve precisar de cirurgia, mas são menos 3 jogos de desenvolvimento.
A OL matou o ataque junto com a dureza do Whiz. Cara você tem que confiar no seu sistema, mas tem que ter jogadores suficientes para fazer o seu sistema rodar. O time não tem OL, não tem WRs, apenas um TE, os RBs sem buracos abertos pela OL se tornam inefetivos e temos um QB novato, ou seja, todo o sistema de ataque do Whiz se torna ineficiente em função das peças que ele tem.
O mesmo rola na defesa! Falta talento para que os técnicos executem seus respectivos sistemas. Então, o que se faz? Reconhece-se e se adapte para ganhar jogos. E Whiz é muito duro prá fezê-lo.
Foi um jogo vergonhoso, as linhas são horríveis, temos muito trabalho a fazer, muito trabalho e não sei se a comissão técnica dá conta.
Ah ... o nosso TD foi feito pelo calouro #28, Marqueston Huff, que é um moleque de uma garra bacana e que vinha jogando bem até se machucar à três semanas atrás. Esse garoto vai ser bom! Na verdade a classe de draftees tem jogado razoavelmente bem ... é um ponto de recomeço precisamos draftar bem esse ano de novo ... difícil!
Em fim ...
Go Titans!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Titans 21 x 45 Texans

O duro é ouvir os garotos do meu time que começaram a torcer agora dizerem que o melhor de uma temporada é saber que o Texans jogam contra o Titans duas vezes por anos e, sendo assim, eles já entram na mesma com duas vitórias. E eu tenho que mostrar a comparação numérica entre vitórias e derrotas, mas se continuarmos perdendo prá estes caras deste jeito, em breve, não terei como me defender.

No geral a história é que você não pode começar um jogo tão lentamente. Você não pode terminar o primeiro tempo 24 x 0. Seu time precisa ser mais consistente, e jogar bem o tempo inteiro, ou a maior parte dele. O time não entra voando em campo, toma um monte de pontos no início e é quase impossível voltar disto. Péssimo desempenho!

Zach Mettenberger é melhor que Jake Locker, pronto, falei. E eu fiquei bem preocupado quando o novo QB sofreu a contusão que o tirou do jogo ontem. Seria uma tragédia se isso o tirasse da temporada, atrasaria o seu crescimento (que tem sido bem satisfatório), e ,consequentemente, a reconstrução da franquia, mas o garoto saiu dizendo que jogará semana que vem! Oremos!

Ontem, pela primeira vez nessa temporada, McCluster foi utilizado corretamente, correu, recebeu screen passes, foi alinhado como slot e como WR externo, e respondeu bem. Sankey continua crescendo. Kendall Wright, recebeu para 132 Jardas e um TD lindo 36 jardas, bola perfeitamente lançada pelo novato (Mettenberger). Na defesa os bons jogadores são Jurrell Casey, Jason McCourty (que marcou muito bem o Andre Johnson, fez um TD tomando a bola do grandalhão ... lindo) e o novato Avery Williamson, o resto tem que ser trocado, por que são incapazes de fazer uma jogada sequer. Fitstragic teve um dia de Peyton Manning como a maioria dos QBs que jogam contra os Titans!

Nossa OL continua sendo um problema sério e ontem Warmack se machucou tb. A bruxa está solta nesse setor!

Muito trampo prá se fazer ano que vem, acho que não vai dar tempo e será outra temporada sofrida!

Nas próximas duas semanas receberemos os times de Nova York, será que conseguimos ganhar um deles pelo menos? Seria bacana!

Go Titans.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Perder para ganhar

Após mais uma atuação patética, o Titans colocou o seu torcedor na pior situação possível, aquela em que você começa a torcer para o time perder. Com o pior recorde desde que saiu de Houston, a equipe mostra que a reconstrução precisa começar ontem. Impossível sonhar com qualquer coisa tendo uma defesa incapaz de realizar tackles simples. Se o Eagles tivesse um QB decente, o resultado do jogo de domingo seria ainda mais elástico.

Só consigo avaliar positivamente o Zach Mettenberger. Em uma semana marcada por recepções fantásticas, o nosso QB passou um jogo inteiro onde os seus WRs não lhe ajudaram em momento algum. Desde que assumiu a titularidade, o calouro teve que ser perfeito para completar os seus passes. Assim fica complicado para qualquer QB, mas mesmo assim ele vem se saindo bem.

GO TITANS!

sábado, 22 de novembro de 2014

Jogada da semana 11 - Parte A

Então, eu queria postar uma boa jogada do Titans, uma que nos trouxesse esperança, e é evidente que a escolha é o passe de 80 jardas de Zach Mettenberger para Nate Washington no fim do segundo quarto em rede nacional no Monday Night Football, mas não dá prá dissociar essa jogada do QB novato, sem olhar como a bola foi parar na mão do ataque. Então dividi a jogada da semana 11 em duas partes ... vamos a elas.

A Figura 1 apresenta o Pitsburg Steelers com a bola numa terceira para 7 na linha de 17 do campo de ataque. Eles colocam o pessoal 11 (um RB e um TE). A formação conta com dois WRs e um TE na direita, enquanto o melhor WR, Antony Brown, fica isolado na esquerda. Big Ben está no Shotgun com RB ao lado, é uma jogada clara de passe.
Os Titans respondem trazendo o pessoal 23 (2 DTs e 3 LBs) - na verdade é um pacote chamado Ruby, que possui 6 DBs (3 CBs e 3 Safeties). À princípio os Titans mostram Cover 2 (dois safeties no fundo do campo) sendo as dobras de Griffin no WR na esquerda do ataque e de Stanford no lado direito do ataque. O terceiro Safety, George Wilson, mostra marcação homem à homem no TE, cada WR tem um CB marcando e o ILB alinha em frente ao RB.



A Figura 2 apresenta o momento do Snap, os Safeties Griffin e Wilson estão indo para a blitz, o TE vai ficar para Stanford e, surpresa, estamos em Cover 0, Nenhum Safety no fundo, todos os recebedores marcados homem x homem, tem que ter coragem prá chamar isto contra Antonio Brown, temos que admitir isto!



 A Figura 3 apresenta o pocket limpo no que, na minha opinião, era o momento do passe, veja que cada elemento da OL pega um elemento de pressão que estavam diretamente na linha. Griffin sobra e passaria limpo, o RB, que estava saindo para uma rota flat, faz excelente leitura, volta e o bloqueia temporariamente. Todos os recebedores estão marcados na secundária, então Big Ben não faz o arremesso, dá dois passos para a esquerda para ganhar tempo, ele é excelente em fazê-lo.


A Figura 4 mostra o Big Ben após os dois passos, fazendo o arremesso, veja que Griffin e Derrick Morgan (OLB da direita do ataque), passam por seus bloqueadores e estão chegando na pressão, mesmo assim, o pocket está relativamente limpo. Bronw, finalmente, ganhou a rota, e me parece um TD aqui. Já dizia o grande Keith Bulluck: "Se você vai mandar blitzes, é melhor que ela chegue, ou então vc está perdido!" ...



A Figura 5 mostra McCourty cortando a linha de passe para fazer a interceptação, veja que Bronw está 3 ou 4 jardas na sua frente, demos sorte nessa, mas, se você manda seis em uma blitz, é melhor que ela chegue, ou o QB vai te arrebentar. Tomamos a bola ... UFA.



Veja o desenvolvimento da jogada no Gif abaixo.


Essa jogada foi bem desenhada, é uma blitz de encher os olhos de quem trabalha com defesa, é bem bonita, mas a verdade é que demos muita sorte aqui, muita sorte, esse lance nos deu a bola na linha de 20 jardas de nossa defesa faltando 40 segundo para o fim do primeiro tempo ... vamos ver o que aconteceu na Parte B (em: http://titansbrasil.blogspot.com.br/2014/11/jogada-da-semana-11-parte-b.html).

Go Titans!

Jogada da Semana 11 - Parte B

Continuando o texto de http://titansbrasil.blogspot.com.br/2014/11/jogada-da-semana-11-parte-a.html ...
Como disse anteriormente, pegamos a bola em uma primeira para 10 na linha de 20 jardas da defesa, com 44 segundos para o fim do segundo quarto. Tínhamos ainda dois tempos à pedir, e o normal era fazer o QB novato, Zach Mettenberger, caminhar até a linha de 30 jardas de ataque prá chutarmos um Field goal de 47 ou 48 jardas.
Wisenhunt para para campo o pessoal 11 (1 RB e um TE). Alinhamos com Bunch na esquerda e Justin Hunter isolado na esquerda. Os Steelers respondem com o pacote Nickel, 3 DLs, 3 LBs e 5 DBs. É interessante notar que o Safety no lado direito do ataque não apresenta dobra, ele está marcando o RB, o que significa, teoricamente, que Justin Hunter vai ficar no Homem x homem. (ninguém tem medo desse garoto, precisamos de um WR de verdade). No lado esquerdo temos um LB no TE um CB no WR e dois DBs no fundo, Dois ILBs cuidam do centro do campo.



Figura 2 apresenta o comportamento pós snap. O OLB da esquerda do ataque, vai atrás de Mettenberger. No lado direito do ataque, o SS pega o RB e o CB fica em uma ilha marcando Hunter (esse cara deveria ser dobrado, mas ninguém se importa), assim, os Steelers têm 5 defensores contra 3 Recebedores no lado esquerdo do ataque.


A Figura 3 apresenta o momento crucial da jogada: os WRs, inclusive Nate Washingon (dobrado no fundo do lado esquerdo do ataque), simulam algum tipo de volta, Hunter, Wright e Coffman mostram uma rota Comeback, enquanto Nate Washington finge um Curl, os marcadores fecham essas rotas. Mas Nate Washington já está em outro movimento indo para o fundo em uma rota Go!


A Figura 4 apresenta Nate Washington recebendo a bola a 8 Jardas do defensor mais próximo. A bola está no spot correto e Inês é morta! TD Titans!

Vídeo no Ângulo 1:


Vídeo no Ângulo 2:


Se pudéssemos fazer jogadas como essa mais vezes, seria uma grande moral para o QB. O garoto jogou bem ... e essa, novamente foi uma jogada vinda do técnico, repare que Mettenberger não muda o olhar, ele está esperando, telegrafando mesmo, o seu WR sair livre, o que acontece, você tem que gostar da presença deste garoto no Pocket ... muito boa.

Seria legar se Mettenberger continuasse a evoluir, o moleque pode arremessar. Oremos!

Go Titans!

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Titans 24 x 27 Steelers

Perdemos. No fim isto é o que importa, entretanto, um time na NFL não se faz da noite para o dia, leva-se tempo e coisas que iam muito mal, deram uma melhorada nessa semana, talvez, eu disse talvez, daqui a dois anos podemos ter um bom time!
O que foi bom? Os calouros, no geral, estão indo bem, Sankey correu bem atrás dessa linha incapaz de gerar buracos, Lewan perdeu algumas batalhas, mas deixou Mettenberger de camisa limpa, Willianson foi bem no pass rush, mas teve tratamento especial contra o jogo corrido e Huff foi bem no Special team e quando entrou de Nickel Back. Os segundo anistas melhoraram, mas acho que ainda falta um pouquinho de Wreh Wilson, Stanford, Hunter e Schwenke, Warmack não foi mal, mas tem que melhorar demais.
Mettenberger foi um caso a parte, logo no início do jogo o garoto lançou uma interceptação mas isto não o tirou do jogo, o que é normal para um QB novato, o garoto voltou e conduziu o time em uma campanha bacana, no fim Sankey converteu o TD. O cara é um pocket QB e é bonito ver sua tranquilidade no mesmo, a casa está caindo e ele dá um passo à frente, bum ... dispara o canhão. Dois TDs lindos um de 80 jardas para Nate Washington, que apresentou uma rota linda, e outro pro TE Chase Coffman (gostei muito de ver este garoto jogando). O garoto fez 3 quartos muito bons, mas no último ele lançou umas bolas que um QB da NFL não pode errar com WRs abertos, o que mostra que ele é impreciso em rotas curtas, e isso é muito complicado. 
A OL jogou melhor nos passes e só cometeu uma falta (Chance Warmack), falta acertar muito ainda, pra que o jogo corrido venha a ser razoável, mas quem sabe esse grupo possa dar liga. Ainda acho que Oher é o elo fraco, eu tentaria recontratar Roos prá jogar ali, sem pensar.
O que foi ruim? Somos péssimos em terceiras descidas! Steelers correram o segundo tempo inteiro e fomos incapazes de parar isto, terrível! E jogo foi embora alí e na incapacidade de converter as terceiras descidas no ataque!
O que falta? Talento! No ataque precisamos de Walker de volta, precisamos de um WR excelente e de um RB que complemente Sankey. Na defesa precisamos de talento em todas as partes do campo ... não aguento mais ver o Griffin pegando ângulo errado, Woodyard sendo abusado e não ter pass rush nas extremidades.
Tem muito trabalho a fazer, mas já foi melhor que semana passada, vamos ver se conseguimos melhorar um pouco mais para a próxima semana.
Go Titans!


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Rumo à Primeira Escolha no Draft de 2015

O negócio está feio? Sim. Existem coisas boas? Sim! Mas estas coisas boas são a maioria do que vemos? Não!
O início ontem foi promissor. Zach Mettenberger parecia um QB de Franquia NFL. Com boas decisões tomadas, bons lançamentos, tranquilo no pocket garoto bom. Na primeira campanha ele caminhou com a bola por 79 jardas convertendo todas as terceiras descidas que apareciam, Greene me fez o favor de perder a bola a uma jarda do TD, depois disto Mettenberger caminhou com a bola 58 jardas, marcamos um TD. Depois deste início promissor, ele fez um belo lançamento para Justin Hunter no qual o Juiz inventou uma falta e a partir daí nosso ataque não andou mais, as faltas voltaram Mettenberger passou a perder arremessos fáceis, segurar a bola demais por que não tinha ninguém aberto (ninguém tem medo dos nossos WRs) resultando em diversos sacks e novamente travando o ataque.
A OL continua horrível, e, prá piorar, perdemos nosso melhor jogador de ataque, Delaine Walker com concussão em um lance bem controverso. Fica difícil de jogar sem OL e sem TE, sem chances do jogo corrido entrar, a proteção ao QB caia a cada stunt executado pela DL dos Ravens, foi um tormento.
A Defesa não ajudou em nada, Blid Wreh Wilson, continua sendo extremamente inconsistente e todo QB sabe disto, então quando é terceira para 1000000 de jardas eles colocam um WR mais ou menos em cima do garoto e voam a bola, sabendo que, no mínimo, conseguirão uma falta! Contra o jogo corrido nos falta um Nose Tackle, e um ILB, Woodyard é razoável contra os passes, contra a corrida ele deixa, e muito, a desejar. Não temos pass rush nas extremidades da linha e Michael Griffin continua sendo um idiota! Stanford não compromete, mas não é um cara que mude o jogo, é apenas normal. Eu gosto do estilo agressivo do Horton (DC), mas tem hora que ele abusa muito das blitzes, ainda mais com Wreh Wilson no fundo, deixá-lo sem a proteção de um safety é suicídio, e isso nos custou algumas terceiras descidas ontem.
Em fim, nada mudou em Tennessee, o chefe, Tommy Smith, garantiu a permanência de Whisenhunt e Webster para o ano de 2015, mas não garantiu a permanência da OL milionária, e ineficiente, que montamos! Certamente Whiz, não é tudo aquilo que pensamos e o time é ainda pior! Teremos pick alto no draft de 2015!
Está difícil de torcer este ano, mas ...
Go Titans!

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Mais do mesmo

O Titans parece estar de brincadeira com a sua torcida. A cada semana o time deixa claro que o seu real objetivo em 2014 é esvaziar as arquibancadas. Com faltas estupidas e tackles errados, só resta aos fãs deixarem o time no vácuo.

Um comentário me chamou atenção. No Twitter, um jornalista escreveu: “Zach deve estar pensando: Em LSU meus WRs recebiam esses passes”. E É bem por aí mesmo. Hoje somos um time fraco, que não consegue concretar as jogadas necessárias em momento algum. Tirando aquela recepção do Washington, não consigo me lembrar de algo.

Acho difícil ressaltar algo de positivo em relação ao jogo de ontem, mas gostei do Mettengerger, do Lewan e do Sankey. Os garotos da defesa também jogaram bem.

Go Titans!

sábado, 25 de outubro de 2014

Jogada da semana - 7B

O cara que mais saca de Titans no Brasil, Diego Scorvo, sempre diz: "Esse time ruim vai queimar um bom Técnico!", talvez você, como eu fique se perguntando: "Onde o Scorvo está vendo um bom técnico?" ... kkkkkkkkkkkk! Como o normal é o Diego ter razão, selecionei essa jogada, como prometido, para entendermos o que se espera de Ken Whizenhunt.

Estamos em uma primeira para 10 jardas na linha de 38 da defesa dos Redskins. A Figura 1 apresenta o Titans com o pessoal 11, a defesa tem que respeitar o passe e a corrida, por que o RB calouro, Bishop Sankey, corre melhor sem um FB em sua frente (o que não é muito normal, mas é bem interessante pro tipo de jogo que se faz na NFL hoje); a defesa vem de Cover 1, um Safety no fundo do campo, 7 jogadores no Box e um SS para marcar o Slot WR.


Na jogada existe dois conceitos rolando, a OL executa uma "trap" com o LG (Andy Levitre), tentando vender o jogo corrido por zona e "All Go", no qual WRs, TEs e RBs fazem rotas. A Figura 2, mostra a reação de Levitre indo para a "Trap".  A movimentação do Levitre faz com que o SLB dê um passo à frente (espero que o meu SLB KADU - leia isto ... eheheheh), ele perde a rota para o TE nesse passo.


A Figura  3 mostra Sankey e Levitre, trabalhando no pocket como se fosse uma corrida, isto congela o DE da esquerda e faz com o que o SLB (à esquerda) divida sua atenção entre o RB e o TE, entretanto o TE está indo para rota. Oher, esquece o DE e vai para a dobra no DT junto com Warmack, Schwenke pega o outro DT mano à mano (você tem que respeitar o moleque, precisa parar de fazer faltas estúpidas e vai ser um grande Center), Lewan pega o DE da direita (acima) no mano a mano.


A Figura 4 - apresenta Levitra trabalhando, de fato, como RLT e pegando sem dificuldades o DE. Sankey está indo para uma rota curta.


A Figura 5 é a Figura 4 vista de outro ângulo - veja que os WRs das extremidades estão marcados. O Free Safety identifica que o TE bateu o SLB na rota e se antecipa, julgando (corretamente) que essa seria a primeira leitura do QB, então ele fecha essa possibilidade.


A Figura 6 mostra a movimentação do FS, TE e o WR (abaixo) batendo o seu marcador. Como o Safety era a última linha de defesa, qualquer WR que batesse o seu marcador homem x homem, estaria livre. Derek Hagan, o slot WR, bate o seu marcador e recebe a bola livre para fazer um "Moon Walk" para a end zone! Inês é morta! TD do Titans!


Vídeo a partir do NFL Gamepass.



Vídeo de outro ângulo.


Trouxeram Ken Whisenhunt para que jogadas como essa sejam feitas todas as semanas e o ataque consiga ser dominante sobre as diversas defesas que iremos enfrentar.

Um primor de jogada, mão do Técnico, e o Diego tem razão ... Whiz, pode ser bom, mas no fim do dia como diria o meu amigo QB e Coordenador Defensivo do Rio de Janeiro Islanders (Vavo) "Você tem que ter ovos prá fazer omelete!", ou seja, você tem que ter jogador prá executar o que os técnicos desenham, e, sejamos sinceros, temos falta de jogadores em Tennessee!

Go Titans!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Rebuilding? Começo a pensar que sim!

O que me faz pensar isso? 
1 - Novo grupo de técnicos deve ter chegado a conclusão que não temos jogadores bons o suficiente.
2 - Esta semana vamos de Zach Mettenberger de QB, isso mostra que o técnico quer saber o que tem em mãos, saber se precisa ou não ir atrás de outro QB no Draft.
3 - Teremos 5 (Warmack, Hunter, Wreh-Wilson, Schwenke e Stafford) dos 7 jogadores draftados em 2013 e 5 (Lewan, Sankey, Huff [Nickel Back], Williamson e Mettenberger) de 6 como titulares em campo no domingo. (é quase 50% do time titular).
4 - Estamos tentando adquirir escolhas no draft de 2015, arrumamos uma sétima com o Dallas, agora mandamos Ayers e o nossa sétima escolha e conseguimos um escolha de sexto round. Existem rumores rondando a imprensa de Tennessee que apontam para interesse do Titans em trocar Nate Washington e Michael Griffin (deve-se conseguir um quinto e um quarto round por essas trocas ... OREMOS MUITO!!!!!) por escolhas.
E aí, acho que, por mais que digam que não, estamos reconstruindo.
A Franquia não sofre uma reconstrução séria, desde o período de 2004/2005/2006 (que culminou na temporada de 2008 - que deveríamos ir ao Superbowl), mas essa reconstrução não foi boa. Depois disto o time foi adquirindo alguns bons jogadores, mas não houve uma reconstrução estrutural. Agora olhamos para a OL e tem lá 3 bons jogadores jovens (Lewan, Schwenke e Warmack), a DL tem mais 3 (Casey, Jones e Martin), temos alguns bons jovens como jogadores de habilidade no ataque e alguns bons jovens defensores, incluindo e essa galera que citei acima. Oremos para que os erros cometidos na outra tentativa de reconstrução não ocorram novamente, ou vamos sofrer por mais 10 anos (aí eu não aguento).
O que vocês acham? 
PS.: Seria ótimo se Mettenberger fosse um excelente QB ... ajudaria muito!!!!!
Go Titans!

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Jogada da semana - 7A

Desculpem a minha falta, estava sem internet rápida para capturar as imagens, em função disto farei duas jogadas da semana desta vez. Espero que divirtam-se ... Vamos à primeira!

Bola com os Redskins em 30 Jardas do campo defensivo. É uma segunda para 9 jardas, eles entram com o pessoal 11 (um RB, um TE e 3 WRs), a defesa responde com Cover 1, onde cada recebedor é marcado por um DB, neste caso George Wilson, o Safety, marca o Slot WR. O TE está sendo marcado pelo ILB (Wesley Woodyard), Michael Griffin é o Safety no fundo do campo (Figura 1).


A Figura 2 mostra que Blid Wreh-Wilson, marca Pierre Garçon agressivamente, ele faz contato corretamente e impõe o lado externo do campo para o WR. A marcação está correta! Veja que a pressão no lado direito do QB é grande com Morgan e Casey, essa pressão força o QB a lançar em sua primeira leitura, mesmo estando a marcação correta.



O WR isolado, à esquerda do QB, faz uma rota come back, e a Figura 3 mostra que o lançamento é feito antes da quebra (momento que o recebedor volta para pegar a bola) do WR. Este é o sincronismo da NFL, os WRs e QBs devem estar na frente da defesa, por que, teoricamente, sabem o que vai acontecer e a defesa não. O Arremesso é prefeito, antes da quebra, o CB não terá chance de pegar a bola.


Essa jogada deveria parar aqui. Wreh Wilson faz a leitura correta e volta prá fazer o Tackle, evitando, assim, a primeira descida, entretanto, seu pé esquerdo trava no gramado e ele perde o WR, que pega a bola e vai para o fundo do campo.


Ter um Safety que primeiro, consiga ler o QB, segundo reaja rapidamente e terceiro consiga ajustar o ângulo para fazer o tackle é importantíssimo, Griffin dá um ou dois passos a mais para a frente (Figura 5) e perde o ângulo correto para fazer a jogada, à uns 3 anos ele conseguiria se recuperar, mas a velocidade, não está mais lá, a idade chega e a velocidade vai ... Inês é morta ... TD dos Redskins.


Abaixo a jogada em um ângulo diferente. 


Duro para Wreh Wilson que estava, até o momento, anulando à Pierre Garçon, que recebeu apenas mais uma bola e logo foi tackleado pelo garoto. Sem querer tirar os méritos de Colt McCoy, o menino deu azar nessa!

Go Titans!

Titans 17 x 19 Redskins

Deixamos escapar mais uma, novamente, as faltas nos prejudicaram bastante. McCourty não foi capaz de parar DeSean Jackson e Blid-Wreh-Wilson (veja na jogada da semana A), que tem melhorado bastante o seu jogo, deu muito azar em uma jogada, e pronto, jogo perdido.

O que, na minha opinião, nos levou à essa derrota? Várias coisas:

1 - o ataque não produziu o suficiente. A OL é muito inconsistente, muito indisciplinada e bem desentrosada, isso mata todo
o ataque, por que o jogo começa na OL e se ela não é boa, não existem raias para o jogo corrido e não existe tempo suficiente para que o QB lance. Ninguém teme nenhuma das nossas armas, então fica todo mundo no mano a mano, e normalmente eles ganharam essas batalhas.
2 - O Time de Especialistas continua a fazer sua trapalhada semanal, desta vez foi Dexter McCluster, você dá um contrato de 12 milhões a um jogador para que este ganhe jogos para você e não para que o mesmo os perca. McCluster tão é um fator no ataque e nem no time de especialistas que mereça o salário, semana passada ele até jogou bem, mas domingo ele matou o time dropando um punt e entregando 3 pontos para os caras, estes 3 pontos fizeram falta. Agente precisa de um QB que faça algo acontecer nas malditas terceiras descidas!
3 - Michael Griffin - o cara não acerta um ângulo, um tackle para parar uma terceira descida, uma deflexão, não consegue ler o QB, é incapaz de liderar a secundária. Muito abaixo da média esse jogador!
4 - Os técnicos têm que fazer um trabalho melhor do que o que estão fazendo. O time é indisciplinado, não se vê muita coisa de especial, não se vê uma fase do time que tenha jogado de forma excepcional. Temos um time, bem abaixo da média com jogadores razoáveis.

Mas tem coisas boas: alguns jovens jogadores têm apresentado evolução: Blid Wreh-Wilson está jogando melhor, Williamson (ILB novato) tem jogado muito bem, Stanford (SS) também, Taylor Newan (OT) e Bishop Sankey (RB) têm jogado bem também, talvez exista aí alguma coisa ... vamos observar melhor. Em uma ou outra jogada vemos a genialidade da equipe técncia (veja na jogada da semana B).

Em fim, perdemos mais uma que deveríamos ter ganho ... é duro! O Time tem que matar a partida quando tem essa chance na NFL, e, não conseguimos fazer isto de novo!
O que eu vou dizer lá em casa?
Go Titans!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Titans 16 x 14 Jaguars



Titans me mostrou que é possível ficar puto após uma vitória. No último domingo, provamos ao mundo que somos apenas um pouquinho melhor que o Jaguars. Como na partida contra o Browns, a equipe não soube matar o jogo, e graças a um FG bloqueado, deixou o LP Field com a vitória.

Mesmo com um time bem desfalcado, não poderíamos de forma alguma passar aquele sufoco. A OL precisa começar a contribuir com o jogo terrestre. Com os QBs que temos, é preciso um jogo corrido forte para se manter em campo, e isso não vem acontecendo desde a week 1.

Motivo de vergonha na partida contra o Browns, a defesa conseguiu se sair bem,  exceto o Michael Griffin, que além de errar muito na cobertura, não conseguiu segurar aquele onside kick.

Temos time para vencer o Redskins, e precisamos fazer isso. Se ainda queremos uma temporada decente, só a vitória importa neste domingo.

Go Titans!

sábado, 11 de outubro de 2014

Fim de uma Era ...

Em 2005, o Titans escolheu na segunda rodada um Tackle desconhecido vindo de Eastern Whasington University (até então o jogador com o maior posição draftado daquela universidade), muita gente achou a decisão, no mínimo, questionável, mas o então GM, Floyd Reese, não titubeou e adicionou o alto e esguio Estonês.
Roos entrou direto no line up, no primeiro ano jogou no lado direito da OL, e foi muito bem. Em seu segundo ano passou a jogar como Left Tackle de onde não saiu mais. Durante suas 10 temporadas só deixou de jogar uma partida e foi escolhido para o Pro Bowl em 2008, foi escolhido all pro (melhor jogador em sua posição da NFL) em 2008, 2009 e 2011.

Na quarta rodada deste mesmo Draft o Titans escolheu outro Tackle, David "Big County" Stewart. Um OT imenso com cara de criança de poucas palavras e que quando entrava em campo passava por cima dos defensores. Stewart entrou no line up no em 2006 como Right Tackle, foi segundo time All Pro (segundo melhor em sua posição) em 2008.

A dupla foi forjada pelo melhor técnico de linha ofensiva da NFL, Mike Munchak, e era muito divertida de se ver jogar (até 2012 mais ou menos). Enquanto Roos era um dos caras mais técnicos da liga, Big Coutry era um trator passando por cima dos adversários, as melhores corridas de CJ eram pela direita com Stewart abrindo diversas avenidas para ele. Muito bacana de se ver. No auge de sua carreira Roos era o LT com o menor número de sacks permitidos.

Stewart foi dispensado no início do ano, e Michael Roos, que estava no último ano de seu contrato, vai passar por uma cirurgia que o retirará do restante da temporada. Enfim, foram bons 7 ou 8 anos sem nos preocupar com as extremidades da linha, naquela que por muitos foi considerada a melhor dupla de tackles na NFL por pelo menos cinco anos. É claro que sentiremos a falta da dupla ...

Valeu Roos ... sentiremos sua falta!!!

Go Titans!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Ladeira abaixo ...

Péssimo jogo no fim de semana - Bernard Pollard (S) e Michael Roos (LT) estão fora da temporada. Jake Locker não treinou quarta e nem quinta (saudades do McNair, quando sabíamos que o QB estaria em campo a não ser que algo realmente muito sério acontecesse), mas está arremessando e disse que quer jogar. Coty Sensabaugh (CB) e Craig Stevens (TE) não estão treinando e não devem jogar domingo.

Sinceramente ... está difícil!

Go Titans!

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Jogo #5 - Titans 28 x 29 Browns

Dizer o quê? Deveríamos ganhar essa? Isso é chover no molhado! Quem me conhece sabe que sou normalmente um cara tranquilo e brincalhão, quando estou coordenando minha defesa, fico um pouco mais agressivo. Mas minha esposa me fez pensar muito seriamente com relação à minha forma de torcer para os Titans, ela disse: "Marcelo, você é outra pessoa quando o Titans perde feio, para de torcer!". Não vou mentir e dizer que não considerei isso domingo, e, sinceramente, não assisti FA no fim de semana depois deste jogo! E eu sou muito viciado nisso! Essa introdução é para que você, amigo, tenha uma noção do tamanho da minha chateação com essa derrota no fim de semana.

DEVERÍAMOS VENCER ESSA!!!!!!!

Novamente, vou fazer a análise com minhas impressões diretas do jogo (não vi o VT, novamente). 

Houve melhora? Sim. O ataque jogou melhor, pelo menos, no primeiro tempo. Locker estava indo muito bem (até se machucar novamente), ganhando jardas correndo quando não tinha nada. Whitehurst também estava jogando legal, os WRs estavam pegando bola, o time estava bem, abrimos 28 x 3. No fim do primeiro tempo os Browns mataram nosso jogo corrido, e passaram a explorar nossa secundária, que é mais fraca do que sopa de prisão, ou seja, nosso ataque passou a jogar o tempo inteiro com terceiras para longas distâncias, com Locker em campo, uma vez ou outra, ele resolve com as pernas, Whitehurts, sem chance. Nossa defesa mantém dois dos principais problemas crônicos que temos: NÃO TEMOS PASS RUSHERS NAS EXTREMIDADES e NÃO SAÍMOS DE CAMPO EM TERCEIRAS DECIDAS, como não há pressão no QB, Hoyer esteve apto a fazer o que quiser com a secundária, principalmente no segundo tempo.

O Time de especialistas continua horrível! Vários problemas: ninguém consegue bloquear para que haja retornos, time mal treinado, tomamos um Safety, novamente, esse técnico deveria ser demitido!

Mas, na minha concepção, este jogo deve ir para a conta dos técnicos, explico: muitas faltas, isso é reflexo de um time indisciplinado, e indisciplina sempre é culpa do técnico, das inúmeras faltas que cometemos, duas fizeram voltar, para os Browns, bolas que havíamos recuperado. Prá mim, o pior foi o seguinte: faltando 3 minutos para o fim do jogo, estávamos em uma quarta para 1/2 jarda, a 45 jardas do nosso campo defensivo, todo mundo sabe que deve-se chutar essa bola pelo simples motivo de estar no campo defensivo, o placar estava 28 x 22 prá nós, confie na defesa e acabe com o jogo! Eu sei que os Browns tinham apensa um tempo a pedir e que uma primeira decida e o jogo acabava ali, mas o risco era muito alto, como podemos observar. Outra coisa, no início do quarto quarto, estávamos passando a bola em primeiras e segundas descidas, velho nesse caso, você tem que comer o tempo, aplique um pouco de Fisherball (duro escrever isto). A Comissão técnica teve muita culpa de perdermos este jogo, muita!

A secundária, que já não é boa, perdeu Bernard Pollard para a temporada, e Coty Sensabaugh também saiu machucado. Péssimas notícias!

Do jeito que está ... domingo será outro sofrimento!

Mas, fazer o que? Vamos torcer né ...

Go Titans! 

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Jogo #4 - Titans 17 x 41 Colts

Normalmente revejo o jogo antes de postar meus comentários aqui, juro que tentei fazê-lo hoje, mas não consegui. O Time jogou mal demais e, de fato, não dá prá rever isto. O time jogou mais em suas três fases (ataque, defesa e especialistas). Vejamos:

1. Especialistas: quando estávamos perdendo de 7 x 0, os Colts executaram um on side kick com perfeição e recuperaram a bola para fazer outro TD, aumentando a vantagem para 14 x 0. A partir deste momento, em todos os kickoffs o time se posicionava para não perder o on side kick, com isto o Retornador fica fora da end zone e isso aumenta e muito as chances de se ter touchback, e foi o que aconteceu, o Time de especialistas não ficou nem perto de colocar o ataque em uma boa posição de campo.

2. Ataque: o Diego disse bem em http://titansbrasil.blogspot.com.br/2014/09/ruston-webster-voce-precisa-ser-demitido.html, o time tem investido uma grana em ataque e os resultados são pífios. A OL é uma das mais caras da liga e não consegue proteger os QBs, os WRs não conseguem ficar livres e quando ficam, não fazem as jogadas; contra os Colts tivemos um fumble sofrido por Wright, uma bola que deveria ser agarrada por Hunter que acabou virando uma interceptação e uma bola lançada perfeitamente por Whitehust na end zone que Washington deixou cair por que não estava olhando para o QB (arrego). Os RBs não têm chance de contribuir por que o time sai perdendo de um monte, e temos que passar a bola, mas estou satisfeito com o pouco que tenho visto deles, parece que pegamos um bom RB com Sankey.

3. Defesa: O que eu posso dizer? Andrew Luck, torturou a secundária, terceira para um milhão de jardas? Empina a bola em cima do Wreh Wilson, será falta ou recepção, certamente, uma primeira decida. Me enervei demasiadamente com esse cara. A DL deu pouco trabalho, a não ser por Casey, que novamente jogou muito. Os LBs e os Safeties perderam um monte de tackles de todas as formas possíveis e imagináveis. Não se espantem Williamson (novato) entrar no time essa semana. E o problema crônico de ficar em campo em terceiras descidas voltou com força.

A verdade é que o time precisa se desenvolver e rápido. Ataque e defesa estão longe do que se esperava ... Whisenhunt disse que vai simplificar as coisas prá ver se consegue melhores resultados. Na sequência pegamos Browns e Jaguars em casa. Melhor ganhar os dois jogos, por que se não ... 

Go Titans!

domingo, 28 de setembro de 2014

Ruston Webster, você precisa ser demitido



 
Na derrota contra o Cowboys reclamei da falta de capacidade dos nossos jogadores na hora de executarem grandes jogadas. Nas semanas seguintes, não só falhamos nas big plays, como erramos o básico do básico. Aí eu me pergunto, será que o Morgan tem culpa de ser ruim? Será que o Hunter tem culpa de estar se tornando um bust? Acho que não.

O problema todo do time está no comando geral, principalmente na cadeira de GM. Desde que assumiu o cargo, em 2012, Ruston Webster vem tomando uma série de decisões questionáveis. O que mais me irrita nele é a dificuldade de achar bons jogadores no draft, o que implica em muitas contratações no período de free agency.

Não é possível que no draft não exista um ILB melhor que o Wesley Woodyard. Ou um pass rusher menos ruim que o péssimo Shaun Phillips. Sem falar no Sammie Hill, um NT que não consegue segurar os bloqueadores. E será que preciso falar do OT Michael Oher?

Temos um bom grupo de treinadores, mas sem as peças corretas eles não vão conseguir fazer esse time andar.

Jogamos em casa contra Browns e Jaguars nas próximas duas semanas. Vencer é obrigação.

Go Titans!

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Jogada da Semana - 3

Muito se tem falado de Jake Locker nas três primeiras semanas de NFL. A verdade vimos o bons e maus momentos de Locker, mas a pergunta que fica é: Por que draftar um cara que pode não produzir?

Na minha concepção, guardadas as devidas proporções, evidentemente, Locker tem o estilo de jogo amado pela franquia estabelecido, Warren Moon e Steve McNair, procurado, e não encontrado, em Vince Young. Um lider nato, de braço forte e que saiba utilizar as pernas quando necessário. Locker pode ser este cara? Sim! Ele mostrou isto no primeiro jogo! O problema é que suas qualidades não são apresentadas constantemente e isso detona a confiança dos torcedores/imprensa (imagine a do técnico).

Acredite, achei coisa boa nesta semana: primeiro quarto, primeira campanha. É uma terceira para oito em 22 jardas do campo de defesa. É uma situação óbvia de passe. A Figura 1 mostra que Whiz vem com o pessoal 11 (1 RB, 1 TE e 3 WRs), numa formação trips (três recebedores de um lado do campo). A defesa mostra blitz tendo sete jogadores na linha de scrimmage. Os WRs estão cobertos homem x homem e existe um safety no fundo do campo.


Snap executado. Justin Hunter, WR isolado abaixo, faz um Slant (diagonal) imediatamente e sai bem livre, entretanto, a rota é curta demais para conseguir se uma primeira decida. No outro lado Nate Washington faz um come back bem longo, Kendall Wright faz uma go route e Delaine Walker faz um L out. A Figura 2 mostra que antes de ter tempo para que as rotas se desenvolvam e os WRs se libertem de seus marcadores (círculos amarelos - todos marcados acima), a proteção do lado esquerdo falha (seta vermelha).


Como as rotas não estão desenvolvidas, Locker pode aceitar o sack ou tentar ganhar tempo com as pernas. A Figura 3 mostra que Washington e Wright (setas vermelhas) seriam boas opções de passe, mas Locker não tem tempo, ele acha a raia aberta por Oher e Warmack na linha defensiva e ataca esse gap, correndo pela vida.


Esta é uma das coisas nas quais Locker é realmente bom, correr. O vídeo abaixo apresenta a jogada descrita, Locker ganha 28 jardas numa jogada que deveria ser um sack e perda de jardas e de posse de bola. Por isto ele foi draftado, para fazer jogadas como esta e, principalmente, não deixar de fazer jogadas como a representante da Semana 2 (http://tinyurl.com/o2p9r3x).


Ainda torço para que Locker seja o cara da franquia, o garoto é ético, trabalhador, aceita crítica, tem braço e sabe correr. Mas tem dado muito azar com contusões e prá ficar no time terá que "matar o Locker ruim!" ... e rápido, muito rápido!

Go Titans!


terça-feira, 23 de setembro de 2014

Jogada da Semana - 2

Jake Locker foi muito questionado durante essa semana, e sempre que ele jogar mal este ano o bombardeio se repetirá. A questão é: por quê? A resposta é, consistência, o que se quer sempre de um QB é que ele seja consistente, ele não o foi na semana 2.

Separei uma jogada que mostra um problema sério, a falta de precisão que sempre dizemos.

Estávamos em uma segunda decida para 10 jardas, Whizenhunt vem com um pessoal 22 (dois RBs e dois TEs), para o campo. O pessoal e a ausência de Delaine Walker deve ter levado a defesa a se precaver contra a corrida, sendo assim, os Cowboys trazem o SS para o Box, para matar o jogo corrido. O problema aqui para a defesa é o que o CB pega um TE que é bem rápido e mais forte que o CB, é um confronto favorável ao Titans em rotas de curtas e médias distâncias, entretanto, Dallas quer parar a corrida. A figura 1 apresenta o alinhamento inicial.

A figura 2 mostra um pocket limpo enquanto os recebedores/corredores rodam um conjunto de rotas para bater a cobertura com um safety no fundo, nessa o WR (Justin Hunter), faz uma rota para o fundo do campo (na verdade ele faz um post - vai para o fundo e corta para uma diagonal interna), Taylor Thompson (o TE) faz uma corner (inverso do post) e bate o seu marcador por umas 4 ou 5 jardas. O Full Back, Jackie Battle (#44) em uma rota slant (diagonal a partir da linha de scrimmage).


A figura 3 apresenta Battle muito livre na slant e Thompson a uns dois passos afrente de seu marcador, duas boas janelas de lançamento para qualquer lançador da NFL. Locker lança em Thompson e erra o arremesso.



Abaixo a jogada toda ...


Essa é uma jogada que nenhum bom QB na NFL pode errar e são jogadas assim que nós torcedores do Titans, e no meu caso do Locker, nos deixam profundamente desanimados. De bom tem o bloq do RB novato no lado esquerdo, mostrando o por que de o Titans tê-lo escolhido, ainda não o ví contribuindo no jogo aéreo, mas o menino parece bom.

Torçamos pela melhora técnica de Jake Locker.

Go Titans.