domingo, 29 de dezembro de 2013

Titans 16 x 10 Texans


Como já era esperado, vencemos o jogo que deveríamos perder. Em decorrência disso, subimos algumas posições no draft e entregamos munição ao Munchak para convencer o CEO Tommy Smith.

Sobre a partida, mais uma vez começamos a jogar de forma bagunçada, e com toda certeza, se o adversário fosse outro, deixaríamos o campo com mais uma derrota.

Se o Muchak precisa sair, o Loggains já deveria ter caído há muito tempo. Suas chamadas são ridículas. Tenho a impressão que ele é um dos principais problemas da franquia.

Já a defesa continua apresentando diversos problemas na DL. A falta do Casey não justiça a facilidade que o Houston encontrou para correr com o seu RB número 4.

Algumas informações dão conta que o Munchak ficará, e que o Gray será substituído pelo Greg Williams. São rumores. No final da semana o front office se reunirá com os treinadores, vamos ver o que sairá dessa reunião.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Jogo #15 - Titans 20 x 16 Jaguars

OK, ganhamos, mas ainda acho que este time é uma bagunça! Explico: Semana passado Justin Hunter e Damian Williams ficaram de fora do jogo por quebrarem uma regra do time ... ok, mas a punição tinha que ser esta? Dê uma multa brutal nos caras e mandem os mesmos para o jogo ... talvez Hunter fizesse alguma diferença (apesar do grande jogo de Kendall Wright), ainda neste jogo, Zach Brown foi retirado da defesa por falta de big plays, quem o substituiu semana passada foi o novato, Zavier Gooden, durante a semana foi anunciado que Brown não seria o titular na partida, e para o nosso espanto, Gooden nem foi escalado para o jogo. Quem jogou no lugar do Brown? Colin McCarthy (MLB), daí você me pergunta: "Quem pegou o Mercedes Lewis [TE]?" Akeem Ayers / Bernard Pollard ... o cara fez uma festa no primeiro tempo, até que botaram Brown no time novamente. Fala sério, precisamos de uma nova comissão técnica!
O primeiro tempo foi difícil assistir, o time não fez muitas coisas como deveria fazer, os CBs estavam marcando em zona (odeio este esquema em zona do Jerry) e, como sempre, os passes curtos (principalmente os screens passes), nos mataram. No segundo tempo os CBs marcaram homem x homem e a festa acabou!
Pollard tem jogado bem (embora tenha cedido uma ou duas jogadas para o TE adversário), acho mesmo que ele deve ter seu contrato renovado, por que ele trás uma agressividade à defesa e faz o jogo de Michael Griffin melhorar em 100%. George Wilson é outro cara que foi bem contratado, ele trouxe a liderança necessária para a secundária e é excelente no special team, ontem ele teve a interceptação com uma mão que fechou o jogo, excelente.
A Linha defensiva jogou novamente 50%, mas hoje foi inverso, o interior da linha foi dominada pelos Guards e Center dos Jags enquanto, Morgan, Pitoitua e Wimbley jogaram bem nas extremidades, nada de especial, apenas bem.
Dos WRs apenas Nate Washington brilhou, acho que Kendall Wright foi dobrado a noite inteira. Walker (o TE jogou bem tanto no jogo corrido quanto no jogo aéreo).
Pela primeira vez no ano a dupla de RBs funcionou como deveria, correndo para 181 jardas (91 para Greene e 90 para Johnson), muito disto se deu por causa da OL, que no segundo tempo foi dominante no jogo corrido, o interior da linha jogou bem e me animou para o ano que vem. Acho sinceramente que Ross ainda tem uns bons anos a sua frente, ontem ele estava fazendo pull (saindo da esquerda para a direita) e pegando os LBs adversários com facilidade. Brian Stinglly substituiu o RT e foi bem, não sei se necessitamos draftar um ano que vem.
Fitzpatrick não comprometeu, mas ele é inferior à Jake Locker.
No geral foi um bom jogo, embora o adversário fosse bem fraco!
É o primeiro jogo que ganhamos na divisão ... Só lembrando!
Aguardando, ansiosamente a segunda feira negra (black monday).

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Jogamos como nunca, perdemos como sempre


Lá se foi mais um domingo e novamente o Titans saiu de campo com uma derrota. Dessa vez a equipe caiu diante do Arizona Cardinals, time que briga por uma vaga nos playoffs. O jogo começou bastante equilibrado, porém a saga de ir muito mal no segundo tempo voltou a assolar o time.

No último quarto, graças a mais uma INT de Fitzpatrick, o Arizona abriu 17 pontos, vantagem que parecia ser irreversível, porém não foi. Graças a bons passes do nosso inconsistente QB e de grandes jogadas dos nossos WR, voltamos ao jogo. Mas vencer não faz parte do nosso vocabulário. Entregamos a bola quando não devíamos e game over.

Não adianta falar que o time não tem head coah, que o special team é uma vergonha, que o  coordenador ofensivo está perdido. Isso todos já sabem. O que me salta aos olhos é a recente dificuldade da linha defensiva em parar o jogo terrestre do adversário. Nossos DT são feitos de papel. Nos últimos anos contratamos caras gordos, caras ágeis, caras novos, mas não adianta. Acho que o problema ali é falta de técnica.

O novo Manda-Chuva do time, Tommy Smith, falou com a imprensa e garantiu Ruston Webster no comando da equipe. Já Munchak precisará suar pelo seu emprego.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Faxina à vista



Segundo os jornalistas do nfl.com, a faxina no Tennessee Titans será “das boas”. As primeiras informações dão conta que o nosso RB titular, a farsa CJ2K, será o primeiro cortado. 

Por sua vez, o pior head coah da história da franquia, Mike Munchak, já teria sido avisado que o seu emprego “subiu no telhado”. E como ele respondeu? Com uma surra em Denver, com direito a sete posses de bola consecutivas levando ponto. É um gênio, né? Só que não.

Outro que pode estar com os dias contatos é o canela de vidro Jake Locker, uma vez que a franquia não está a fim de estender o seu contrato, decisão que nos custaria 15 milhões de dólares. A alternativa para a posição de QB seria Jay Cutler, jogador que estudou em Vanderbilt, universidade que fica em Nashville.

O que vocês acham das novidades?

EU ESTOU AMANDO! Precisamos nos livrar dessa barca podre logo!  

Em breve escreverei um texto sobre o meu candidato favorito a HC.

Aguardem!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Pós jogo #12 - Colts

Semanas de provas, provas finais etc ... fica uma loucura, ainda não consegui assistir o jogo na íntegra, mas ví algumas partes e achei uma crítica excelente no blog "Music City Miracles", e por achar que essa crítica traduz o meu sentimento vou inseri-la aqui: por

"Os Titans jogaram um jogo de vida ou morte contra os Colts no domingo e falharam em alcançar a vitória.

Se observarmos a estatísticas ou mesmo o jogo em sí, ficaríamos desencantados com o elogiado QB Andrew Luck.
  • Os números de Luck foram 17-32, 200 jardas, 0 TDs, uma interceptação e 59,4 de pass rating.
  • Os Titans tiveram a posse de bola por 33:55 minutos (26:05 para o ataque dos Colts).
  • Os Titans obtiveram 24 primeiras descidas os Colts, 18, os Titans converteram o dobro de terceiras descidas com relação aos Colts.
  • Os Colts foram batidos em jardas, aéreas e corridas, por um total de 347 - 264.
  • A defesa dos Titans conseguiram 5 sacks e 7 trombadas em Luck, também tocaram em algumas bolas impedindo que passes fossem completados.
  • O ataque corrido dos Colts esteve controlado o jogo inteiro e eles correram para 74 jardas em 19 tentativas.
  •  
Que estatística está faltando no relatório acima? Turnovers (entregada de bola).

Diga o que quiser sobre o registro geral desta comissão técnica, ou pior ainda seu registro 0-4 divisão, mas esta derrota não pode ir para a conta deles. O plano de jogo era o bom e os jogadores estavam constantemente em posição para fazer jogadas. Eles só não conseguiram superar três interceptações e um fumble por seu quarterback.

A defesa jogou bem em sua maior parte e de forma consistente entregou a bola ao ataque que não conseguia marcar pontos. Embora houvessem algumas jogadas nas quais Coby Fleener estava totalmente aberto, o plano de jogo defensivo foi exatamente o que precisava ser. Eles pararam a corrida e atacaram Luck no pocket , obrigando-o a fazer arremessos errantes e rápidos para recebedores que ainda não estavam abertos.
O ataque dos Colts receberam 4 posses de bola de graça a partir dos turnovers e mesmo assim a defesa manteve os em field goals, eles mantiveram os Titans no jogo.


O plano de jogo do ataque era excelente e as chamadas foram corretas. O jogo corrido não foi monstruoso, mas uma média de 3,9 jardas por tentativa manteve a defesa honesta e o ataque em campo. Recebedores estavam abertos constantemente como a defesa do Colts parecia estar em check na maior parte do jogo.
O problema, infelizmente, foi o quarterback .
A precisão de Fitzpatrick foi instável desde o início. Pareceu melhorar no primeiro quarto, e aí vieram as más decisões. Um lançamento errático aqui, uma leitura perdida ali, ou simplesmente não ver um defensor cuidando de uma zona de campo, as interceptações de Fitzpatrick foram demais para que o time pudesse se superar.
Muitas vezes na NFL, jogos são definidos pela qualidade de jogo do quarterback,  Os Titans foram a melhor equipe em campo domingo, exceto em uma posição, a posição onde importa, Pontos no Placar. Andrew Luck jogou mal . Ryan Fitzpatrick de alguma forma jogado pior."


Fique a vontade para acrescentar ...
Ainda estamos na briga, mas agora ficou bem mais difícil!
Go Titans!